Mulheres são de vênus?

Agora, você, homem, da Terra, de Marte (Leia aqui), ou de qualquer outro lugar do universo, também precisa entender como pensa esse ser estranho, extra-sensível e cheio de emoções chamado mulher.

Enquanto vocês desenvolveram sua capacidade analítica, nós passamos gerações desenvolvendo a nossa capacidade emocional. Quando o assunto é relacionado a sentimentos, nós, meninas estamos a anos luz de vocês, meninos. Nossa capacidade de captar emoções alheias, de enxergar sentimentos, interpretar atitudes e olhares, é infinitamente superior à de vocês.

Isto posto, vamos combinar uma coisa?

No jogo da sedução, vocês, freqüentemente, vão assumir o papel de conquistadores, sedutores, e até mesmo predadores. E nós vamos nos permitir sermos conquistadas por vocês. Vamos deixar as coisas acontecerem e vocês pensarem que nosso interesse vem todo do seu charme e poder de sedução. Vamos, de bom grado, fazer o papel da presa do predador, da donzela conquistada pelo sedutor. É parte do jogo e, muito, da diversão.

Se a fase da conquista correr bem, quando a coisa começar a tomar corpo, é de praxe, para nós, ser francas com vocês. Se o nosso interesse for uma noite e nada mais, podem ter certeza de que nem o nosso telefone vamos querer passar. E, tranqüilizem-se, não vamos ficar magoadas se vocês não o pedirem. Nós também não achamos que todo homem é pra namorar, casar e, às vezes, nem mesmo pra falar no telefone no dia seguinte.

Agora, se nós estivermos mesmo gostando de vocês, nós deixaremos que vocês saibam. Faz parte do conjunto. Mulher gosta de fazer o homem saber o quanto é querido, o quanto é desejado, o quanto é importante pra ela.

Se você é heterossexual e pretende manter um relacionamento, seja lá em qual nível, com uma mulher, precisa saber que nós, criaturas de Vênus, gostamos, basicamente, de três coisas: atenção, elogios e conversar.

Se você pretende algo apenas superficial, precisa tomar muito cuidado com essas três coisas. O tom das conversas, a intensidades dos elogios e o grau de atenção oferecidos podem dar margem a interpretações diversas. Utilize-os com moderação.

A reclamação feminina mais freqüente que eu ouço hoje é a de que os homens nos conquistam, fazem com que baixemos nossa guarda e os deixemos entrar, nos apaixonemos perdidamente, só para, no momento seguinte, vir com os típicos: “não era bem assim”, “você entendeu tudo errado”, “mulheres se envolvem demais”, “eu fui mal interpretado”. Ah… me poupem!

Homens, por favor, não se façam de ingênuos. Nós sabemos de sua capacidade intelectual. E vocês sabem o poder de manipulação que vocês detêm sobre uma mulher quando ela está absolutamente “into you”.

Demonstre apenas aquilo que sente. Se você não possui a emoção, não dê a entender o contrário. Muito pior do que amar e não ser correspondida é ser enganada.

Sabemos que vocês não gostam tanto de falar sobre sentimentos e são adeptos das indiretas. Então, deixem suas indiretas o mais diretas possível. Lembrem-se de que, se não for assim, nós e nossa sensibilidade extremada vamos interpretar as coisas à nossa maneira e não adianta reclamar depois, a culpa por terem sido mal interpretados será puramente de vocês (e se vocês não gostam que as mulheres sejam assim, não se esqueçam de que a homossexualidade sempre é uma opção! rs…).

Deixem claro desde o início quais são suas intenções para que nós não criemos expectativas. Se soubermos o que vocês pretendem, podemos jogar de igual para igual. Se nós não soubermos as regras, fica injusto, não acham?

Entendo que muitas vezes vocês estejam apenas tentando ser legais conosco. Mas se vocês não forem claros ou manipularem nossos sentimentos, quando a ficha cair, vamos acabar entendendo, independentemente do grau de gentileza no processo, o quanto vocês foram canalhas.

Sabemos que vocês às vezes só querem sexo, ou apenas uma aventurazinha. Compreendemos e aceitamos isso, só o que queremos é ter o direito de escolher se vamos ou não participar disso. O combinado não sai caro, então, nos deixe saber.

Se vocês agirem assim, se forem francos e diretos conosco não haverá motivos para termos crises ou surtos psicóticos de nenhum tipo. Combinado?

Afinal, como você prefere que falemos de vocês pras nossas amigas (porque falar nós vamos de qualquer jeito… rs…)? “Ah, eu sabia que não ia dar em nada, mas valeu à pena mesmo assim” ou “É um cafajeste como qualquer outro. Se fez de apaixonado, mas, no fim, só queria o que todos querem”.

Nós também não somos de outro planeta. O que queremos é que vocês tenham coragem de falar sempre a verdade, de não omitir as coisas, de não fingir sentimentos pra manipular os dos outros.

É isso que diferencia moleques de homens. E a escolha é de cada um de vocês.

“A maior covardia de um homem é despertar o amor de uma mulher sem ter a intenção de amá-la”. Augusto Branco. #FicaADica

(colaboração Ricardo Flausino, autor do blog Crônicas do Absurdo)

3 Comments to “Mulheres são de vênus?”

  1. Gostei da versão final!!!
    Muito bom.

  2. SENSACIONAL! Perfeito!!

  3. Sensacional!!! Parabéns!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: