A escolha

Tinha a sua frente dois corações.

Sabia que tinha que fazer uma escolha.

Sabia que só poderia fazer um deles feliz e que isso significava destruir o outro.

Não havia meio termo, não havia meia escolha.

Então escolheu.

E com sua escolha de fazer aquele coração feliz.

Destruiu o meu.

One Comment to “A escolha”

  1. Até onde posso avaliar, fez péssima escolha…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: